Trio é preso após assaltar transportadora em Maceió

Funcionário da empresa participou da ação delituosa.

RAFAEL-FELIPE-RAFAEL
Rafael Santos Ambrósio Ribeiro, 23 anos, Felipe dos Santos, 21 anos, e Rafael de Araújo Santos, 21 anos. (Foto: Renan Belo)

A Polícia Civil de Alagoas autuou em flagrante, nas primeiras horas deste sábado (09), três pessoas acusadas de assaltar uma transportadora, situada na Avenida Menino Marcelo, em Maceió.

Felipe dos Santos, 21 anos, Rafael Santos Ambrósio Ribeiro, 23 anos, e Rafael de Araújo Santos, 21 anos, foram presos pelos policiais militares da Força Tática 1 e 2 do Batalhão de Polícia Escolar (BPEsc), que estavam realizando rondas nas proximidades do delito.

O  delegado plantonista da Central de Flagrantes III, José Carlos dos Santos,  informou que a  ação criminosa contou com a participação de outros dois indivíduos, que conseguiram fugir. Os criminosos utilizaram duas armas de fogo para render os funcionários e subtrair pertences e o cofre da empresa.

Felipe e Rafael Santos estavam em uma motocicleta adulterada quando foram abordados. De acordo com os policiais, eles ainda tentaram fugir, abandonando o veículo, mas não tiveram êxito. No momento da prisão, os policiais conseguiram recuperar o cofre.

moto-apreendida-560x420
Moto utilizada pelos assaltantes. (Foto: Renan Belo)

De acordo com o delegado, o terceiro preso, Rafael de Araújo, que trabalha na empresa como vigilante, teria envolvimento com o crime, facilitando a entrada dos demais. Foi verificado que  número de celular de Rafael constava no registro de chamada do celular de um dos assaltantes, minutos  antes do crime. Além disso, Felipe confirmou a participação do funcionário e informou que eles eram vizinhos.

O material recuperado e os presos foram levados para a sede da Central de Flagrantes III, localizada no bairro do Benedito Bentes, e eles foram autuados em flagrante pelo delegado José Carlos, pelo crime de roubo.

O cofre e alguns pertences recuperados pelos policiais.
O cofre e alguns pertences recuperados pelos policiais.

Ascom PC