PM morre após tentar impedir atirador de jovem em restaurante

PM morre após tentar impedir atirador de jovem em restaurante

O policial militar Yan Cauê Santos Ferreira, de 24 anos, morreu no sábado (18), após ser baleado ao tentar impedir um homem de disparar tiros contra um jovem de 26 anos. O fato ocorreu na noite de sexta (17),  durante uma discussão em frente a um restaurante no Alto da Lapa, Zona Oeste da capital.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o crime ocorreu na rua Doutor José Elias, em frente ao Quintal do Espeto. O agente penitenciário Florisval Alves da Silva, de 56 anos, e o jovem Felipe Toledo iniciaram uma discussão dentro do local. Na sequência, Silva saiu do estabelecimento e foi até o carro estacionado na rua e sacou uma arma. Ele efetuou dois disparos contra o rapaz, que caiu ferido no chão.

Imediatamente o PM que estava no local à paisana deu voz de prisão contra o criminoso, porém ele disparou contra o agente na região do abdômen e fugiu do local.

O jovem foi socorrido e encaminhado ao pronto-socorro do Hospital São Camilo e permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do local. O PM foi levado para o pronto-socorro da Lapa e transferido para o Hospital das Clínicas, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na noite deste sábado (18).

O caso está sendo investigado pelo 91ª Distrito Policial (Ceasa) como homicídio qualificado tentado. Testemunhas do caso estiveram na delegacia na manhã do sábado e realizaram reconhecimento fotográfico do autor dos disparos. A arma do policial e o veículo em que Silva buscou a arma foram apreendidos para perícia. A reportagem tentou contatar o Quintal do Espeto, sem êxito.

msn

20/02/2017