Pardais de trânsito voltam a operar em Maceió nesta segunda-feira (20)

Serão cinco pontos de fiscalização eletrônica espalhados na cidade. Antes do início oficial, SMTT realizou uma semana educativa.

Os pardais de fiscalização de trânsito de Maceió vão voltar a multar nesta segunda-feira (20). De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), serão multados os condutores que excederem o limite de velocidade permitida, avançarem semáforo vermelho e pararem sobre faixas de pedestres (veja abaixo os trechos monitorados).

Os equipamentos tinham sido desligados em maio do ano passado, após uma determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que aceitou denúncia sobre irregularidades na contratação dos pardais. No entanto, um mês depois, o TCE determinou que fossem feitas adequações ao contrato e que os equipamentos fossem religados.

“No período em que funcionaram, os fotossensores conseguiram reduzir a velocidade nas vias e o desrespeito ao sinal vermelho, o que ocasionou na redução direta no número de acidentes, o que mostra a importância desta fiscalização para a preservação da vida, sobretudo”, disse o titular da SMTT, Antonio Moura.

Antes do início oficial do monitoramento através de fotossensores em Maceió, a Superintendência realizou uma semana educativa no intuito de alertar os condutores sobre o retorno da fiscalização.

Confira os trechos fiscalizados
Limite de velocidade de 60 km/h:
Cruzamento da Avenida Fernandes Lima com a Avenida Rotary;
Avenida Fernandes Lima com a Rua Abelardo Pontes Lima (próximo ao Hiper Bompreço);
Avenida Fernandes Lima com as ruas Desembargador Tenório e Professor Guedes de Miranda (próximo ao Palato Farol);
Avenida Durval de Góes Monteiro até a Avenida Senador Galba Novaes de Castro (próximo ao supermercado Makro Atacadista).

Limite de velocidade de 50 km/h:
Cruzamento da Avenida Álvaro Otacílio com a Rua Engenheiro Mário de Gusmão.

Multas
As multas para quem ultrapassar os limites de velocidade variam entre R$ 130,16 (quando a velocidade for 20% superior à máxima permitida, infração considerada média), R$ 195,23 (quando a velocidade for 20% a 50% superior à máxima, infração grave) a R$ 880,41 (quando a velocidade for 50% maior que a permitida, infração gravíssima).

Para a infração gravíssima, também há penalidade de suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

No caso de avanço de sinal vermelho, a infração é de natureza gravíssima e rende multa de de R$ 293,47. Quem parar sobre faixa de pedestres, leva multa no valor de R$ 130,16.

g1

20/02/2017