Paquistanês é preso suspeito de ameaçar explodir o Aeroporto de Brasília

Homem de 32 anos entrou no Brasil em 2014 como refugiado e conseguiu visto permanente porque se casou com uma brasileira.

pmdfjpg_610x340

Um paquistanês de 32 anos foi preso nesse domingo em São Sebastião, cidade a 30 km de Brasília, após ser denunciado pela própria mulher por ameaçar explodir o Aeroporto de Brasília. Segundo informações preliminares da Polícia Militar, o suspeito entrou no Brasil em 2014 como refugiado e conseguiu visto permanente porque se casou com uma brasileira.

O Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar foi acionado, fez uma varredura na casa do homem, mas não encontrou nada. Ele estava com passagens compradas para os Emirados Árabes e embarcaria amanhã com previsão de retorno ao Brasil e setembro.

O paquistanês e a mulher estão prestando depoimento no Departamento da Polícia Federal, em Brasília. Por precaução, uma varredura também foi realizada no aeroporto, mas nada foi encontrado.

cbn,globoradio.globo.com

11/07/16