Mulher é morta a facadas em frente à filha de 7 anos durante assalto

familia
Uma dona de casa de 46 anos foi morta durante um assalto na noite desta quinta-feira, no Estácio, região central do Rio. Cristiane de Souza Andrade levou duas facadas no pescoço após dizer ao bandido que não tinha dinheiro. O crime aconteceu na Rua Haddock Lobo, no trecho próximo à sede da Prefeitura do Rio, em frente à filha dela, de apenas 7 anos.

– A minha mãe havia saído de casa para ir ao mercado, como fazia sempre. Havia saído do mercado quando aconteceu. Um rapaz se aproximou dela, anunciou o assalto e pediu dinheiro. Ela disse que não tinha. O cara simplesmente deu duas facadas no pescoço dela – contou o universitário e trabalhador autônomo Wallace de Souza Andrade, de 27 anos.

filho-morta-facadas
O relato sobre o que aconteceu com Cristiane foi feito pela filha dela, que ajudou no socorro à mãe.

– Foi duro ter que ouvir isso de uma menina de 7 anos, viu? Ela sabe que a mãe está machucada, mas a gente não teve como contar ainda do falecimento. Não sabemos como dar a notícia – lamentou Wallace.

morta-facadas
O rapaz mora perto da mãe e disse que no horário em que ela foi abordada, por volta das 20h30m, a rua costuma ser bastante movimentada:

– Essa violência toda… É complicado, viu? É ali pertinho da prefeitura. Deveria ter segurança. E ser morta com essa violência toda. Minha mãe nem reagiu. Só falou que não tinha dinheiro.

Cristiane ainda foi levada para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, mas não resistiu. O corpo seguirá para o Instituto Médico Legal (IML). Parentes da dona de casa foram ouvidos na 6ª DP (Cidade Nova), mas o caso será transferido para a Divisão de Homicídios (DH).
EXTRA