Ministério Público investiga atraso de salários em São Sebastião, Alagoas

Prefeito do município diz desconhecer a informação.
Atrasos permaneceram por mais de quatro meses, segundo MP.

O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) instaurou um procedimento preparatório para investigar atrasos salariais de mais de quatro meses de servidores públicos do município de São Sebastião, Agreste do estado. A portaria foi publicada nesta quinta-feira (2), no Diário Oficial do Estado (DOE).

A reportagem do G1 entrou em contato com o prefeito de São Sebastião, Zé Pacheco (PP), que informou não saber sobre os atrasos e em que período ocorreu.

De acordo com o texto assinado pela promotora de Justiça Viviane Karla da Silva Farias, a informação sobre a possível irregularidade foi passada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

A publicação diz que informações sobre o fato serão apuradas e responsabilidades apontadas. As autoridades competentes do município serão notificadas para esclarecer a informação.

g1

02/03/2017