Jovem confessa homicídio após briga em bar: Taquei a faca

Ele alega que matou rapaz esfaqueado por desavenças entre eles, em GO. PM diz que confusão ocorreu após autor chamar mulher de vítima para dançar.

Um jovem de 22 anos foi preso neste domingo (5) apontado como assassino de outro rapaz, de 24, após uma briga em um bar de Goiânia. Em um vídeo feito pela Polícia Militar, o desempregado Francisco dos Santos Rafael alega que ele e a vítima, Erenildo Ferreira de Carvalho, já tiveram vários desentendimentos e confessa que o crime. “Revoltei, bebi, surtei e taquei a faca mesmo. Taquei mesmo” (assista).

Segundo a PM, ambos estavam no bar, localizado no Setor Jardim Guanabara, quando a confusão começou. No registro, Francisco, conhecido como Cabelo, afirma que estava curtindo a festa, mas que Erenildo, como já havia feito outras vezes, começou a implicar com ele. O desempregado diz que só esfaqueou o rapaz porque foi agredido antes.

“O rapaz toda vez que me vê trombava em mim, me peitava, batia na minha cara às vezes […]. Não é de agora que vem acontecendo isso. Nunca me xi com nada dele, mulher, filho. Também sou pai de família. Mas só que juntou quatro lá para me pegar. Dei voadora mesmo”, afirmou, tentando se justificar.

No entanto, a PM aponta para outra versão. De acordo com o sargento Cícero José Lima, que realizou a prisão, a confusão começou porque Cabelo chamou a mulher de Erenildo para dançar.

“A vítima não gostou e isso gerou uma confusão entre os dois. O autor desferiu uma voadora na vítima, que caiu sobre algumas mesas. Eles saíram do bar e começaram a brigar na rua quando o Cabelo deu um golpe no pescoço da vítima, que morreu na hora”, disse o policial ao G1.

O homem foi detido em casa e levado para a Central de Flagrantes, onde deve ser autuado. Segundo a PM, ele já tem passagem por furto.

O corpo de Erenildo foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) nesta tarde.

g1

05/02/2017