Funcionários dos Correios de Alagoas voltam ao trabalho após acordo

Trabalhadores paralisaram por 24h; eles se queixam que prédio é insalubre. Solução temporária de instalação de ventiladores foi aceita pela categoria.

Os trabalhadores do setor de Sedex dos Correios em Alagoas que paralisaram as atividades na última quinta-feira (2), voltaram ao trabalho nesta sexta (3), após acordo com a diretoria da unidade.

De acordo com o secretário de finanças do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos de Alagoas (Sintect), Givaldo Gomes, a empresa propôs uma solução temporária para melhorar a condição de trabalho no Centro de Tratamento de Cargas e Encomendas, que segundo o Sintect, é insalubre.

“A empresa instalou mais ventiladores para que possamos suportar a temperatura do prédio enquanto trabalhamos. Essa solução é apenas temporária. A categoria continuará em contato com a diretoria da empresa para uma solução permanente”, explicou Gomes.

No setor trabalham cerca de 45 funcionários. De acordo com o sindicalista Alisson Guerreiro, o espaço não tem ventilação e o piso não é adequado para o serviço.

“O local parece uma estufa, sem ventilação. A temperatura alta está prejudicando a saúde de trabalhadores. E a poeira provocando alergia”, comentou Guerreiro.

A assessoria de comunicação dos Correios em Alagoas informou que mais ventiladores foram instalados nesta sexta. No momento são cerca de 20 máquinas funcionando, e que a empresa continua tentando acelerar o processo de licitação para aquisição e instalação de turbinas para o centro operacional.

Por meio de nota, a diretoria dos Correios informou que esses processos de licitação e orçamento devem ser requisitados e podem demorar. “A Regional está no aguardo da liberação de orçamento por parte de Brasília para dar andamento ao que seria a resolução final desse contratempo. Por sermos uma empresa pública, esta é a única maneira para se realizar a aquisição desses equipamentos”.

g1

03/03/2017