Escolas da rede estadual participam de fórum sobre Ensino Integral

Escolas da rede estadual participam de fórum sobre Ensino Integral

Evento vai discutir experiências em ensino integral que propõem uma formação mais ampla para o aluno. Fotos: Valdir Rocha
Evento vai discutir experiências em ensino integral que propõem uma formação mais ampla para o aluno. Fotos: Valdir Rocha
Texto de Ana Paula Lins

Nos dias 20 e 21, o Centro de Formação Ib Gatto (Cenfor), no Cepa sediará o I Fórum Alagoano das Escolas de Ensino Integral. O evento é uma inciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com o Instituto Inspirare – organização que apoia inovações e ações empreendedoras para a melhoria da Educação no Brasil – e visa discutir as práticas em ensino integral da rede pública estadual, bem como compartilhar experiências vivenciadas em 17 escolas estaduais – 14 que já adotam o sistema de ensino integral e outras três que estão em fase de implantação da modalidade.

0717SEDUC1

Na ocasião, gerentes regionais de Educação, técnicos pedagógicos, diretores, professores e alunos participarão de palestras, dinâmicas e discussões acerca de temas como protagonismo juvenil, participação da família e comunidade na escola, dentre outras temáticas. Durante o fórum, também haverá a apresentação de um curso à distância sobre ensino integral.

0717SEDUC

O fórum é consequência de um processo de formação com as escolas de ensino integral que teve início no começo de 2016 e terá continuidade no decorrer do ano. “Este será o primeiro dos dois fóruns que realizaremos. Nosso propósito é apoiar as escolas no processo de implementação do ensino integral e, para isso, estamos reunindo docentes, discentes e gestores destas 17 unidades de ensino. Acreditamos que será um momento muito rico, de partilha, onde enxergaremos a escola a partir de diferentes olhares”, avalia a secretária-executiva da Educação, Laura Souza.

0717SEDUC2

Ensino Integral – Uma das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), o conceito de ensino integral vai além da ampliação de jornada para alunos da Educação Básica: ele consiste na oferta de uma educação mais ampla, que atende a uma formação integral do aluno, trabalhando diversos aspectos do desenvolvimento humano e unindo família, escola, comunidade e cidade em um grande projeto de aprendizagem.