Detento morre após briga dentro de presídio do Complexo do Curado

Confusão aconteceu na manhã deste domingo (19), no Pamfa. Em outra unidade do complexo prisional, dois presos tentaram fugir.

Um preso morreu após uma briga dentro do Presídio Agente Marcelo Francisco de Araújo (Pamfa), integrante do Complexo Prisional do Curado, na Zona Oeste do Recife, neste domingo (19). De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), o agressor ficou ferido e foi encaminhado à unidade hospitalar.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE) apontou que informações iniciais dão conta de que a briga teria sido motivada por uma cobrança. O caso aconteceu por volta das 6h. Os agentes relataram que o detento suspeito de ser o agressor correu em direção à enfermaria do presídio ferido e sendo perseguido por outros presos. Segundo o sindicato, a guarda chegou a dar tiros para dispersar a multidão e poder socorrê-lo.

O detento que morreu chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Ele foi identificado pela Seres como Leandro de Miranda Lopes. O agressor, quando tiver alta do hospital, será encaminhado à delegacia para providências cabíveis, segundo a secretaria.

Tentativa de fuga

Além da briga que resultou em morte, o Complexo Prisional do Curado registrou uma tentativa de fuga durante a madrugada deste domingo (19). A Seres informou que dois homens, presos no Presídio Juiz Antonio Luiz Lins de Barros (Pajllb), tentaram fugir e foram impedidos por policiais militares e agentes penitenciários.

O Sindasp-PE informou que a tentiva de fuga foi pela guarida 12. Os presos estavam tentando pular o muro e foram flagrados. Os dois vão ser submetidos ao Conselho Disciplinar da unidade prisional.

g1

19/02/2017