Atriz Regina Duarte defende corte de verbas na cultura

A atriz Regina Duarte, 72 anos, defendeu o corte de verbas do governo federal na cultura. Em entrevista ao site Notícias da TV, ela disse que “aperto de cinto” nas contas públicas é necessário.crise financeira e o empobrecimento do país foi provocado pelas administrações anteriores.

“O momento agora é de sanar o problema, controlar os gastos. Quem não entender está sendo muito egoísta nas suas ambições. Eu acredito e confio no nosso presidente e tenho certeza de que daqui a pouco o Brasil vai se equilibrar, e as coisas vão melhorar”, disse a atriz.

Em maio, durante entrevista ao programa “Conversa com Bial”, Regina Duarte disse que hoje é chamada de fascista por apoiar Bolsonaro.

A atriz fez uma comparação sobre a sua situação atual com 2002, quando durante a campanha eleitoral presidencial daquele ano, provocou polêmica ao dizer que tinha medo de uma eventual ascensão do PT ao poder.

04/09/2019